SOBRE NAGRA 4 NO STAR ONE C4 20/08/2015


SOBRE OS BOATOS DA ENTRADA DE NAGRA4 NO NOVO SATÉLITE DA CLARO TV 
STAR ONE C4
MUITOS BLOG E SITES TOCANDO HORROR DE NOVO SOBRE NAGRA 4 
VEJA O QUE O ADMIN DO FORUM DA GLOBALSAT RESPONDE A UM MEMBRO QUANDO PERGUNTANDO SOBRE O ASSUNTO,

PERGUNTA
pessoal como ficara semana que vem a staone passara usar o c4 pra cripitografia que e a mesma da ses-6 e como não tem tecnologia a alcance para quebra da ses-6 como ficarao os deco no escuro????? vamos nos prepara com quite lanterna pra semana que vem geralmente acontece no domingooooooo

RESPOSTA DO ADMIN
acho que vc está mal informado ou eu, pois não li nada á respeito de comparação com o SeS6. 

A criptografia do C4 é a mesma do C2= a Nagravision3 só que com aumento de bits de dados. 

Vc, assim como milhões de usuários alternativos, não precisa se preocupar e sofrer sem motivo, temos quem se empenha para que o sistema continue funcionando e nós defenderemos sempre a controvérsia de que o serviço é ilegal, assunto já amplamente debatido e ajuizado por esferas federais. 

A Claro investiu para sair das 14 TPs e poder aumentar a sua grade, principalmente porque é a menor grade de HDs entre as operadoras de porte. Ela colocou um satélite ao lado do outro para não ser necessário reapontamento de antenas e assim poder fazer a migração da programação sem prejuízo maior de transmissão aos 3,6 milhões de assinantes com quase 5 milhões de receptores que não terão que ser substituídos imediatamente. 

A segurança de encriptação duplicará os bits de dados para restringir usuários que não fazem parte da sua milagrosa receita. A operadora com certeza, para evitar traumas, efetuará o processo gradativo e lento pois só a substituição de receptores causará uma despesa que superará 1 bilhão de reais e deverá durar 1 ano ou mais. 

Nenhum fabricante de receptores alternativos se viu obrigado á abrir novos satélites porque o C2 e o AMZ estão até agora disponíveis, então deixemos para eles esta preocupação, a nossa será apenas custear novos produtos quando os nossos estiverem "velhinhos" ou obsoletos.




0 comentários:

Postar um comentário

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

SOBRE NAGRA 4 NO STAR ONE C4 20/08/2015

SOBRE NAGRA 4 NO STAR ONE C4 20/08/2015


SOBRE OS BOATOS DA ENTRADA DE NAGRA4 NO NOVO SATÉLITE DA CLARO TV 
STAR ONE C4
MUITOS BLOG E SITES TOCANDO HORROR DE NOVO SOBRE NAGRA 4 
VEJA O QUE O ADMIN DO FORUM DA GLOBALSAT RESPONDE A UM MEMBRO QUANDO PERGUNTANDO SOBRE O ASSUNTO,

PERGUNTA
pessoal como ficara semana que vem a staone passara usar o c4 pra cripitografia que e a mesma da ses-6 e como não tem tecnologia a alcance para quebra da ses-6 como ficarao os deco no escuro????? vamos nos prepara com quite lanterna pra semana que vem geralmente acontece no domingooooooo

RESPOSTA DO ADMIN
acho que vc está mal informado ou eu, pois não li nada á respeito de comparação com o SeS6. 

A criptografia do C4 é a mesma do C2= a Nagravision3 só que com aumento de bits de dados. 

Vc, assim como milhões de usuários alternativos, não precisa se preocupar e sofrer sem motivo, temos quem se empenha para que o sistema continue funcionando e nós defenderemos sempre a controvérsia de que o serviço é ilegal, assunto já amplamente debatido e ajuizado por esferas federais. 

A Claro investiu para sair das 14 TPs e poder aumentar a sua grade, principalmente porque é a menor grade de HDs entre as operadoras de porte. Ela colocou um satélite ao lado do outro para não ser necessário reapontamento de antenas e assim poder fazer a migração da programação sem prejuízo maior de transmissão aos 3,6 milhões de assinantes com quase 5 milhões de receptores que não terão que ser substituídos imediatamente. 

A segurança de encriptação duplicará os bits de dados para restringir usuários que não fazem parte da sua milagrosa receita. A operadora com certeza, para evitar traumas, efetuará o processo gradativo e lento pois só a substituição de receptores causará uma despesa que superará 1 bilhão de reais e deverá durar 1 ano ou mais. 

Nenhum fabricante de receptores alternativos se viu obrigado á abrir novos satélites porque o C2 e o AMZ estão até agora disponíveis, então deixemos para eles esta preocupação, a nossa será apenas custear novos produtos quando os nossos estiverem "velhinhos" ou obsoletos.




Nenhum comentário:

Postar um comentário